Torcida assiste a sete minutos de jogo de cima do muro e Gama chega à liderança

0
0

 

img“Eles disseram que não podia ficar do lado de dentro. Não falaram nada sobre ficar do lado de fora.” Em tom de desabafo, a estudante Patrícia Fernanda explicou a forma que cerca de 60 torcedores do Gama tentaram assistir à vitória do Periquito sobre o Ceilândia por 1 x 0, no Abadião. Em cima dos capôs de carros, os fãs que tentaram acompanhar ao duelo tiveram êxito durante sete minutos. 

O vendedor Paulo Henrique foi além: usou o próprio carro para ter apoio suficiente para alcançar o topo do muro do estádio. “A gente combinou pelo grupo no Whatsapp que viríamos. A intenção era trazer um caminhão e todo mundo assistir em cima dele, mas não deu. A visão estava privilegiada, senti como se estivesse em um camarote”, compara. 

A “festa” na arquibancada improvisada durou pouco. Uma viatura da Polícia Militar interpelou os torcedores. Um policial desceu, com pistola em punho, ordenando que Paulo Henrique descesse do muro. Diante da situação, os ânimos se acalmaram.

“O sargento que dirigia a viatura foi muito educado. Ele nos explicou que, caso a gente permanecesse onde estávamos, seria relatado em súmula e o Gama poderia ser prejudicado”, detalhou Patrícia. 

A indignação era geral por conta da impossibilidade de se assistir à partida. No momento de irritação, houve até quem sugerisse medidas para que o Mané Garrincha seja usado antes das duas partidas da final do Candangão.

“Já que estão reclamando tanto que o aluguel do Mané Garrincha é caro demais, por que não usam ele para fazer jogos em rodada dupla e diminuir custos”, indagou o radialista Tiago Andrade.

O que eles lamentaram, provavelmente, foi não ver o grande segundo tempo do alviverde. O time aproveitou a chance que teve, já nos acréscimos. Foi o quinto gol de Thiago Miracema no campeonato.

Saiba mais

No outro jogo disputado na tarde de ontem, também se a presença de público, Sobradinho e Paracatu ficaram em um empate recheado de gols.

Ao final de 90 minutos, a partida terminou 3 x 3.

Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA