Rede Social: Fatura paga pelo GDF.

0
3

gdfO Subsecretário de Articulação Social e Novas Mídias do GDF, jornalista Marco Bahé presenteou um amigo com um contrato milionário no governo do petista Agnelo Queiroz. A empresa de seu conterrâneo pernambucano é especializada em redes sociais. Marco costuma se encontrar com o apadrinhado todas as manhãs e bate ponto na sede do PSB.

 

A quem diga que o subsecretário de Agnelo faz consultoria política para o PSB Nacional de Eduardo Campos. O que é fato, é que a mesma empresa que atende o governo Agnelo cobrando altas cifras é a mesma que atende o PSB Nacional. A diferença é que para o PSB a fatura é gratuita.

 

No episódio recente da saída do comandante geral da PM, Suamy Santana, com o escândalo das famosas capas superfaturadas a empresa através de seu padrinho Marco Bahé, postou em rede social um banner fazendo propaganda da “transparência” do governo. O banner foi criticado por toda imprensa e Marco tratou de botar na conta da agência de publicidade do governo, a Propeg.

 

O fato é que a empresa consegue rezar na cartilha de dois senhores, o PSB de Eduardo Campos e o PT de Dilma Rousseff, hoje inimigos.

 

Fonte: Blog de Quidnove

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA