PSDB vê escândalo na eleição, pede cassação do diploma de Dilma e a posse de Aécio Neves

0
0

img

Mais pano para a manga na batalha sucessória. Nesta quinta 19, o PSDB e a coligação “Muda Brasil” protocolaram no Tribunal Superior Eleitoral o pedido de cassação do registro de candidatura e da diplomação da presidente Dilma Rousseff (PT) e seu vice, Michel Temer (PMDB).

Na ação, o partido também pede a diplomação dos senadores Aécio Neves e Aloysio Nunes Ferreira para os postos de presidente e vice, respectivamente, e classifica como “pífia” a vantagem de “apenas 2,28%” da petista sobre a candidatura tucana – cerca de 3,4 milhões de votos.

No documento, as partes alegaram que a candidatura de Dilma e Temer teria feito uso da máquina administrativa e abusado do poder econômico durante a campanha. Para o PSDB, teriam havido desvios que, na avaliação do partido, comprometeram a legitimidade das eleições. “Como exemplo, a convocação imprecisa de redes de rádio e televisão para pronunciamentos, a manipulação de indicadores socioeconômicos, o uso de prédios públicos, entre outros”, diz o partido.

Fonte: Notibras – 18/12/2014

Leia mais: Ex-diretor citou em delação 28 políticos beneficiários de esquema na Petrobrás

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA