Programa Mulheres Mil será realizado no Presídio Feminino do DF pelo campus Gama

0
3

O campus Gama do IFB vai executar a próxima etapa do Programa Mulheres Mil no Presídio Feminino do Distrito Federal, que está localizado na cidade do Gama. Definição neste sentido foi acertada nesta quarta-feira, 5 de junho, em reunião realizada entre a direção do campus e a diretora do presídio, Deuselita Pereira Martins.

A proposta do programa é ofertar 50 vagas para detentas do regime fechado para um curso de artesanato e estética pessoal, com carga horária total de 160 horas, no período de outubro deste ano até janeiro de 2014. O curso inclui aulas de informática, comunicação oral e escrita e educação financeira.

O diretor do campus Gama, Fernando Dantas Araújo, destacou a importância do Programa Mulheres Mil atuar junto à comunicade carcerária, dadas as necessidades de capacitação deste público e sua vulnerabilidade social, aspectos prioritários do programa desenvolvido pelo Ministério da Educação em parceria com a rede de instituto federais.

A coordenação do Mulheres Mil no campus Gama enfatizou a intenção de priorizar a participação no curso de dententas como maior grau de vulnerabilidade, como mulheres da população negra e parda, mais baixa escolaridade, maior número de filhos e beneficiárias de programas sociais.

A diretora Deuselita Martins informou que o presídio tem atualmente 695 detentas. Há 220 estudando e 200 trabalhando, dentro da instalação penitenciária. A parceria com o Instituto Federal de Brasília foi muito bem recebida pela diretora, ao acentuar as necessidades do público feminino carcerário de oportunidades educativas para reingresso na sociedade.

img
Diretor Geral Fernando Araújo; estagiária do Serviço Social Ana Beatriz Leite; professora de Informática Sylvana Santos; diretor de Ensino, Pesquisa e Extensão, Gabriel Cartelo Branco; estagiária do Serviço Social Renata Souza, diretora do Presídio Feminino Deuselita Martins; assistente social Jacqueline Domiense; e coordenador do Programa Mulheres Mil Sergio Mariani

Fonte: IFB

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA